Cristina Canale

Rio de Janeiro, RJ, 1961 

Vive e trabalha em Berlim

 

A pintura de Cristina Canale revela traços bastante singulares, notadamente a maneira como os elementos figurativos da composição estão sempre à beira de uma iminente dissolução na abstração. Suas paisagens parecem retratar, como já foi observado, um mundo líquido, em que uns poucos elementos reconhecíveis surgem por entre campos de cor que se justapõem de maneira sempre harmônica, apesar da ampla variedade de cores em todos os quadros.

 

As reminiscências cultas, principalmente da tradição pictórica europeia, têm sabor de vivência cotidiana: nascida no Rio de Janeiro, depois de se firmar no panorama nacional no âmbito da chamada Geração 80, a artista mudou-se para a Alemanha em meados da década de 1990, onde estudou na Academia de Artes de Düsseldorf sob a orientação do artista conceitual holandês Jan Dibbets. A obra de Cristina Canale responde, a sua maneira, aos intensos debates que embasam a pintura alemã do final do século XX, e, de maneira mais geral, está sintonizada com as problemáticas da produção contemporânea, logrando transcender as especificidades da pintura.

78040010
 
O encontro | The Encounter

A Galeria Nara Roesler apresenta a exposição individual de Cristina Canale, com curadoria de Luis Pérez-Oramas. Nova York, 2021

Cristina Canale at Villa Era

Exposição da Mendes Wood Gallery na Villa Era, Itália, 2020

Conversa da Casa – Casa Roberto Marinho (06/2020)

Durante o período da quarentena, a Casa Roberto Marinho segue fechada ao público, mas se mantém aberta ao diálogo, promovendo boas conversas entre artistas, críticos e curadores. Assista à Conversa da Casa entre a artista Cristina Canale e Lauro Cavalcanti, diretor do ICRM.

Cristina Canale: No Espelho (03/2020)

Em ocasião da exposição montada para abrir no início da pandemia de Covid 19, em 2020, na Galeria Silvia Cintra + Box4, Rio de Janeiro 

Entrevista com Cristina Canale
Caleidoscópio

Exposição em 2016 na Galeria Silvia Cintra + Box4, Rio de Janeiro 

Protagonista e Domingo

Exposição em 2013 no Instituto Figueiredo Ferraz, Ribeirão Preto, São Paulo